o que é live action

O que é live action: um guia completo pelo cinema

O que é live action? O live action é um termo da cinematografia utilizado para caracterizar um gênero importante e bastante popular do cinema.

Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre esse tipo de filme e quais são os grandes destaques do cinema:

O que é live action?

O live action é um dos principais tipos de filmes, uma vez que geralmente se trata de uma reprodução para as telonas de grandes sucessos da animação. O live action pode ser filmado em conjunto com animações 2D ou por produções computadorizadas.

Uma vez que se trata da adaptação para a “realidade” de desenhos que fizeram sucesso em seu período de lançamento e transmissão, os live-actions tendem a alcançar altos números de bilheterias, podendo agradar ou não a maioria.

Muitos dos que tiveram a infância marcada pelo desenho acabam por exigirem uma adaptação 100% fiel para os diretores e produtores, enquanto outros, que tendem a ser um público menor, almejam ser surpreendidos no cinema.

O live action também pode se basear apenas em um personagem animado, trazendo um roteiro totalmente novo e focado em sua história e “aventuras”.

Mesmo com tantas exigências e expectativas em torno da produção do filme, em meio a aqueles que dividiram opiniões existem filmes que conseguiram se destacar e são grandes obras do cinema.

Outra porcentagem do sucesso de filmes de live action é a tecnologia CGI (computer-generated imagery ou imagens geradas por computador), em que as imagens gerados por computador. Essa tecnologia se tornou essencial para o cinema, já que a grande maioria dos filmes são definidos como blockbusters, que são caracterizados por um grande apelo comercial, um orçamento satisfatório e uma divulgação massiva.

A Disney é uma grande produtora de filmes nesse estilo, já que está por trás de uma série de desenhos que marcaram várias gerações.

Por fim, o termo live action também é usado para retratar jogos e similares que usam atores reais.

LEIA TAMBÉM: Lazer para idosos: como se divertir na melhor idade

live actions

Quais são os live actions mais populares?

Para ilustrar melhor o que é um live action, conheça aqui exemplos de grande renome no cinema:

Os Flinstones

Com a sua estreia feita em 1994 e uma bilheteria surpreendente para a época, de US$ 341 milhões, o live action foi fiel ao famoso desenho animado da família da idade da pedra. O filme, assim como o desenho dos anos 60, enfatizava a amizade de Fred Flinstone e Barney Rubble, também focava na ascensão profissional do protagonista, que passa de operário para um cargo de chefia na empresa em que trabalhava.

Em 2002 o filme ganhou um prequel, uma sequência, chamada “Os Flintstones em Viva Rock Vegas”, mas que acabou deixando a desejar.

Scooby Doo

O live action do Scooby Doo estreou no ano de 2002 e conquistou uma bilheteria de US$ 275 milhões, que também se mostrou bastante satisfatório.

O desenho também foi um dos marcos dos anos 60, isso graças aos cativantes membros da Mystery Machine. No ano de lançamento do filme não foi diferente, e a produção feita totalmente em CGI novamente atingiu um bom público. O sucesso também fez com que o longa ganhasse sequências, que repetiram o seu bom resultado.

X-Men

O X-men é marcado como sendo um dos maiores sucessos da Marvel nos quadrinhos e nos desenhos animados, não sendo diferente no cinema, contando com uma bilheteria de US$ 296 milhões em sua estreia no ano de 2000.

O longa, assim como o desenho, contava a trajetória dos mutantes do professor Xavier. O sucesso do filme fez com que depois de alguns anos, alguns mutantes ganhassem filmes solo, como Wolverine com “Logan” em 2017 e Jean Grey com “Fênix Negra” em 2019.

Alice no País das Maravilhas

O filme de “Alice no país das maravilhas” é um dos live actions de maiores sucessos, contando com cerca de US$ 1 bilhão de bilheteria. O filme é de 2010 e é baseado no livro clássico de mesmo nome.

O filme atua como se fosse um prequel do desenho, em que Alice, agora com 19 anos, volta ao local mágico que visitou na infância. Pelo grande número adquirido, sendo o sexto filme a faturar mais de um bilhão de dólares ao redor do mundo, o longa também ganhou uma sequência, “Alice Através do Espelho”, que estreou em 2016.

O Rei Leão

Considerado o lançamento mais esperado no ano de 2019, “O Rei Leão” foi um grande sucesso, contando com uma bilheteria de US$ 1,657 bilhão, e trouxe um diálogo sobre o conceito de live-action no mundo do cinema. Isso porque enquanto a mídia tratava o filme como um live action, o diretor evidenciava a falta de animais reais e câmeras, fazendo com que o filme não fosse considerado como tal.

LEIA TAMBÉM: Intercâmbio: como planejar a sua viagem da melhor maneira

live action

Afinal, quais são os principais diferenciais dos live action?

O live action, mesmo se tratando de uma apropriação de uma história ou personagem animado, não deve ser tratado apenas como tal. A técnica para esse tipo de filmagem é bem rica, e tende a compreender atores reais associados com animações 2D e 3D.

Dessa forma, mesmo que o roteiro do desenho, na maioria das vezes, possa ser reaproveitado para o longa, o desenrolar da história pode ser modificado, fazendo com que o filme tenha um desenrolar complexo como qualquer outro.

Além dos cinemas, agora podemos encontrar esse tipo de filme em serviços de streaming, e a qualidade do longa está entre as considerações para que a boa experiência seja mantida, isso sendo evidenciado em versões como Full HD, 2K, 4K e 8K. Contudo, nesse caso é necessária uma velocidade de internet a altura para que a qualidade seja reproduzida.

Enquanto isso, na animação são focados nos traços 2D e 3D ou ainda o CGI, técnica com recursos computacionais que se popularizou com o filme Tron nos anos 1980, que como já visto, também podem ser compreendidos no live action.

Em conclusão, para quem quer conhecer mais sobre os live actions o interessante é ver com os próprios olhos. Você pode começar com os filmes de nossa listagem ou por outros grandes nomes de bilheteria como “Zé Colmeia” (2010), “Os Smurfs” (2011), “Malévola” (2014),“Cinderela” (2015), “A Bela e a Fera” (2017), “Dumbo” (2019), e “Cruella” (2021), de acordo com o seu gosto pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.