em que consiste a massotrapia

Em que consiste a massoterapia?

Então, a massoterapia pode ser resumida em uma série de movimentos manuais que envolvem técnicas, em prol do alívio de dores corporais que são adquiridas ao longo da vida, sendo elas crônicas ou não. Através da massoterapia muitos são curados.

No mercado de trabalho a busca por massoteraupeutas tem aumentado cada vez mais. Conforme uma matéria na Folha de São Paulo, hoje o estresse atinge aproximadamente 70% da população, onde doenças e dores musculares aumentam significativamente.

Então vamos falar um pouco mais sobre este tema e entender melhor o que para muitos começa como um curso para horas complementares e depois vira profissão.

O que é a massoterapia?

É um conjunto de massagens com vários fins, tanto para tratamento, quanto simplesmente para relaxar e manter uma aparência saudável. Onde o objetivo da massoterapia é proporcionar saúde e bem estar.

Com o excesso de cobrança e esgotamento profissional, a massoterapia tem um papel fundamental na vida daqueles que frequentemente estão cansados e estressados. Sua função aumenta a disposição e alivia as tensões nervosas.

Muitos até confundem a massoterapia com a massagem pela semelhança na nomenclatura, mas são totalmente diferentes. A dessemelhança é que o massoterapeuta precisa de um curso técnico para exercer a profissão e o massagista faz um curso de forma livre.

Para potencializar o atendimento, a massoterapia se apropria também de instrumentos, como as ventosas, pedras, o bambu, entre outras ferramentas que podem ser aplicadas dentro das técnicas, que melhoram a resposta fisiológica do paciente.

Os diferentes tipos

Existem vários tipos de massoterapia, cada uma  com sua função específica, para cada necessidade do paciente, desde de quem sofre com problemas emocionais e até quem sofre de dores físicas. 

Alguns das mais conhecidos são:

A massagem relaxante: Essa é indicada para quem está cansado, com o sono desregulado, exausto depois de um longo dia. Até mesmo para mãe de recém nascido, dona de casa, pais e estudantes.

Shiatsu: Com alguns pontos semelhantes a acupuntura, originário do Japão, essa massagem é indicada para quem sofre de dores nas costas, para quem sofre de depressão, síndrome do pânico e ansiedade, pois visa o equilíbrio do corpo e espírito.

Abhyanga: Sua principal função é trabalhar diretamente a favor da circulação sanguínea, eliminando então as toxinas acumalas. Também é indicado para quem tem dificuldades na digestão e problemas no sistema nervoso.

Ayurvédica: Trabalha diretamente no alongamento dos músculos utilizando as mãos e cotovelos.Indicado para quem sofre de dores nas articulações, e favorece no realinhamento da postura.

Acima foi citado algumas das massagens mais solicitadas pelos pacientes, mas também existem a reflexologia, desportiva, massagem clássica, cromoterapia, aromaterapia, auriculoterapia, massagem com pedras quentes, ventosas, entre outras técnicas.

Quais são os benefícios

Alguns dos benefícios da massoterapia são imediatos e percebidos durante o processo, mas para usufruir de outros benefícios é necessário uma certa frequência para que seja eficaz o tratamento. 

São muitos os benefícios para quem é atendido por um massoterapeuta, sendo eles:

  • Alívio e relaxamento muscular;
  • Alívio de dores de cabeça;
  • Melhora o fluxo sanguíneo e libera as toxinas que são acumuladas no decorrer do dia;
  • Promove sensação de bem-estar;
  • Evita e previne dores nas articulações;
  • Previne doenças causadas pelo estresse, como taquicárdicas;
  • Previne e alivia dores na coluna.
  • Proporciona equilíbrio corporal e energético.
  • Intestino regular;

O toque de um massoterapeuta promove uma sensação de aconchego fazendo com que o paciente relaxe completamente. Automaticamente quem recebe essa massagem medicinal, passa a ter melhoras na qualidade do sono.

O que é preciso fazer para se tornar um massoterapeuta?

Para exercer a função de massoterapeuta é preciso realizar um curso profissionalizante, onde sua carga horária é de aproximadamente 1200 horas. Por conta das aulas práticas esse curso só existe na modalidade semipresencial e presencial.

Há várias plataformas ou escolas técnicas e profissionalizantes que disponibilizam cursos de massoterapia. É fundamental fazer a escolha certa sabendo quanto tempo você terá para estudar, quais os seus objetivos e quantos poderá investir.

Existe uma diferença entre um curso técnico de um profissionalizante, onde o técnico pode ter a duração de aproximadamente dois anos. Outra diferença que vale ressaltar é que um ensina o básico e o outro é um estudo mais avançado.

Um masoterapeuta precisa dominar e ter um conhecimento de anatomia, fisiologia e patologia (pelos menos as mais básicas) tanto a teoria quanto a prática. Conhecer os sistemas e como o corpo reage a cada tipo de massagem aplicada é fundamental.

Conheça empresas que forneçam produtos e materiais de qualidade para tratamento, assim seu trabalho será valorizado e indicado. Busque sempre oferecer e fazer o seu melhor, para evitar críticas indesejadas.

Liste em qual área ou em qual empresa você deseja trabalhar. Caso queira adquirir experiência antes de ingressar num estabelecimento comercial, você pode trabalhar como autônomo inicialmente.

 Leia atentamente as 6 dicas para você que quer iniciar na massoterapia:

  1. Faça uma pesquisa de campo sobre qual o tipo de massoterapia mais pedido na região em que você irá trabalhar.
  2. Pratique as técnicas que estudar, para que assim você possa alcançar excelência na profissão, o que automaticamente vai lhe gerar clientes fiéis;
  3. Mantenha seu bem-estar e alongamentos em dia para que seu estado de saúde não interfira na qualidade do seu atendimento;
  4. Tenha em mãos todos os materiais necessários para que seu trabalho seja de qualidade e que facilite as técnicas que aplicar nos pacientes;
  5. Estude e sempre se atualize com novas técnicas;
  6. Ao final do trabalho apenas descanse dos movimentos que repetidos durante o dia, para que no dia seguinte você tenha disposição para fazer o seu melhor.

Considerações finais

Após listar os benefícios e os diferentes tipos de massoterapia, conclui-se que, é uma profissão que nunca faltará paciente solicitando pelo serviço. O que de fato lhe trará uma certa segurança.

É importante informar que é necessário passar por uma avaliação médica, principalmente quem sofre de problemas graves de saúde para que o médico possa liberar o seu tratamento com um massoterapeuta.

Gostou de conhecer sobre a massoterapia, sua função, técnicas e benefícios? Conte nos comentários a sua opinião, e aproveite para fazer um curso de massoterapia, por que não?

Esta pode ser a sua nova oportunidade de alcançar excelentes resultados.

No mais é isso, espero que estas dicas tenham sido úteis.

Até a próxima!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *