05 países para se viajar gastando pouco

Todos no planeta reconhecem que uma viagem pelo mundo precisa reservar uma boa parte do dinheiro. Assim como na vida cotidiana nos perguntamos quanto custa um implante dentário, uma determinada peça de roupa, produtos e serviços cotidianos, também somos atormentados por dúvidas ao planejar essa viagem de sonho.

Entretanto, existem territórios que têm a possibilidade de minimizar consideravelmente os custos de sua viagem universal de sonho, mantendo a paz de espírito e a boa qualidade. Mesmo assim, é essencial prestar atenção ao destino de sua escolha e fazer as economias necessárias para que não haja complicações ocasionais. Aqui estão alguns desses destinos baratos:

Os Lugares Mundiais mais baratos para viajar

Mesmo quando a taxa de câmbio do dólar é desfavorável em relação ao real brasileiro, ainda é viável encontrar destinos baratos. Entretanto, é preciso ter uma idealização rigorosa e descritiva, tendo em mente a baixa temporada do local, a pré-compra de ingressos e outras minúcias. Se você tem um sonho de ir para outro território e supor que o dinheiro que você economizou não é suficiente, verifique tais destinos:

1. Buenos Aires, Argentina

Buenos Aires é um dos mais importantes destinos mundiais visitados pelos brasileiros. Possui várias atrações turísticas, como museus, diferentes parques e até mesmo um luxuoso cemitério. Sendo a cidade mais importante de um território vizinho, tem vôos diretos do Brasil por muitas empresas, como a Azul e a Gol, o que provoca promoções regulares.

O peso argentino e o real têm valores quase semelhantes, o que torna a relação custo-benefício agradável para turistas brasileiros que aspiram ir a qualquer lugar fora do Brasil.

2. Lima, Peru

A mais importante cidade peruana está entre os principais destinos do mundo para economizar dinheiro em viagens. Em Lima você pode gastar uma parte bastante acessível nos renomados restaurantes da cidade, que também de ter vistas gastronômicas excepcionais, tem uma diversidade de modos de hospedagem. Outra virtude é que o Real é consideravelmente valorizado, o que é bastante positivo para os turistas.

Outra razão pela qual o Peru se destaca na lista é o custo das viagens entre metrópoles, que é bastante acessível. Um exemplo disso é a viagem de ônibus de Cusco a Arequipa, cerca de 500 km, que fica em torno de 35 reais.

3. Santiago do Chile

Santiago, a capital do Chile, é uma viagem de grande bagagem cultural e histórica. Tem em seu território uma série de monumentos incríveis, tais como palácios e edifícios majestosos. Alguns exemplos destas atrações são a Plaza de Armas, os Cerros San Cristobal e Santa Lucía, e o Palácio de La Moneda, que têm preços de entrada gratuitos ou simbólicos.
Além disso, Santiago é servida por voos diretos do Brasil por várias companhias aéreas, o que permite que as tarifas aéreas permaneçam constantes durante todo o ano, com pouca variação.

4. Cozumel, México

San Miguel de Cozumel, México, popularmente conhecida como Cozumel, é uma cidade a apenas 60 km de Cancun. Possui atrações turísticas naturais com águas quentes e cristalinas que atraem turistas de todo o mundo. Atrai menos turistas que a famosa Cancun, e tem uma rede hoteleira variada e mais acessível.

Como a maioria dos turistas chega de navio de cruzeiro, o preço da hospedagem é muito mais baixo do que em Cancun. Outra vantagem para aqueles que querem gastar menos é o sistema com tudo incluído que a maioria dos hotéis da cidade tem, onde você não precisa gastar com lazer e comida, como já está incluído.

5. Bogotá, Colômbia

A Colômbia, com sua capital Bogotá como destaque, tem uma variedade de museus, casas noturnas e centros gastronômicos, com alguma semelhança com São Paulo. Algumas das atrações turísticas mais populares da cidade incluem La Candelária, o Santuário da Virgem de Guadalupe e o Monte Monserrate. Para uma dose de cultura e arte de rua, o Tour do Grafite de Bogotá é uma obrigação.

Diretrizes para economizar dinheiro em qualquer viagem

Embora saber para onde ir seja um fator essencial para economizar dinheiro em uma viagem, existem outras diretrizes a serem seguidas para evitar gastos excessivos. Viajar na baixa temporada faz uma grande diferença para sua carteira, pois as passagens estarão à venda, assim como as acomodações.

A hospedagem, por sua vez, quando você escolhe ficar em um albergue em vez de um hotel também proporciona economias consideráveis, permitindo que você viva com pessoas de outros países e tenha experiências ricas.

Uma observação ao escolher um destino é preferir opções turísticas, transporte, gastronomia e hospedagem a um custo mais baixo, bem como prestar atenção se há vantagens, tais como passeios gratuitos. É importante saber como organizar as informações sobre cada destino de seu interesse, o que pode ser feito através de informações colocadas em uma tabela.

Uma vez que um bom processo de planejamento e organização esteja implementado, a escolha é assertiva e a experiência de viagem é suave e ainda mais gratificante; ela pode exceder suas expectativas. Planeje, organize e obtenha a viagem dos seus sonhos de uma vez por todas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *